sábado, 21 de julho de 2012

EPIs E A ÁREA DE CONSTRUÇÃO CIVIL


INTRODUÇÃO
A utilização de equipamentos de proteção individual na construção civil é de extrema importância pelos vários riscos que o trabalhador está exposto em uma obra.
Neste ramo de atividade, quando o empregado não utiliza os EPIs, é observada alta incidência de acidentes graves que muitas vezes causam incapacidade permanente para o trabalho, além de custos de tratamento médico mais elevados devido à gravidade dos ferimentos e/ou doença.
Aqui, listaremos alguns dos principais EPIs utilizados na construção civil bem como alguns preços para que o leitor tenha noção do custo destes.

A IMPORTÂNCIA DOS EPI’S
A Construção Civil é responsável por muitos acidentes no trabalho, pois exige que seus funcionários se exponham a fatores de risco, como calor, altura, ruídos e esforços repetitivos.
O empregador deve estar predisposto a disponibilizar informações de práticas de segurança nas construções através de exposições orais ou visuais, como DDS, reuniões, cartazes, revistas. É através destas informações que o empregado conhecerá medidas preventivas contra acidentes no canteiro de obras. É importante lembrar que a falta de cuidado de um empregado pode ocasionar danos a si próprio e aos seus companheiros de trabalho fato que nos alerta mais intensamente para a realização de treinamentos de prevenção de acidentes.
Existem pesquisas que apontam a desatenção do trabalhador como o principal motivo dos acidentes, então, estar devidamente protegido pelos equipamentos de proteção, em qualquer momento dentro de um canteiro de obras, é essencial na prevenção de acidentes que possam ser ocasionados por si e também por algum companheiro desatento.
A prática de segurança deve ser realizada em todas as etapas da obra, evitando assim acidentes com o impacto de objetos, quedas, perda de audição por ruídos, lesões por produtos químicos, infecções biológicos e desestabilidade do organismo por aspectos ergonômicos incorretos.
Os principais equipamentos que devem ser utilizados pelos profissionais da construção civil são:
  1. Capacete: proteção contra impacto no crânio;
  2. Óculos: proteção para os olhos;
  3. Abafador auricular: proteção para o ouvido;
  4. Mascará para proteção contra pó da obra e químico(respirador): proteção para as vias respiratórias;
  5. Luvas de couro ou de plástico: proteção contra material corrosivo ou toxico e contra materiais que possam provocar cortes;
  6. Botas ou botinas: proteção contra produtos químicos, materiais perfurantes e impactos;
  7. Cinto de segurança: proteção contra queda;
  8. Colete refletivo: Proporciona segurança e proteção a pessoas responsáveis na execução de serviços externos e pode ser usado tanto de dia como a noite.
O ministério do trabalho aplica multas para as empresas que não disponibilizarem EPIs aos seus funcionários. Caso ocorra acidente, se provado que a empresa foi responsável, esta pode até ser obrigada a indenizar o funcionário e/ou familiares com altos valores monetários.
EPI – FORNECEDOR – PREÇO
  Atualmente existem várias lojas tanto físicas como virtuais que comercializam equipamentos de proteção, veremos a seguir uma tabela com algumas lojas virtuais e os respectivos preços por EPI.

CAPACETE (M.S.A)
BOTA (BRACOL)
LUVA (Marfe)
ÓCULOS (3M)
RESPIRADOR (3M)
ABAF. AURIC.
(3M)
CINTO
DE SEG.
(Hércules)
COLETE REFLET.
(Hércules)
A
R$ 58,00
R$ 57,40
R$ 8,95
R$ 40,00
R$ 16,60
R$ 25,80
R$ 30,00
R$ 29,90
B
R$ 32,80
R$ 29,75
R$ 6,25
R$ 44,50
R$ 22,70
R$ 18,85
R$ 24,70
R$ 19,75
C
R$ 19,90
R$ 35,00
R$ 9,90
R$ 29,90
R$ 12,20
R$ 23,50
R$ 38,90
R$ 17,00

CONCLUSÃO
            Os equipamentos de proteção contra acidentes podem ser encontrados com facilidade devido à grande exigência do ministério do trabalho junto às empresas, este fato fez com que os equipamentos de proteção viessem a apresentar preços mais acessíveis diminuindo os custos para o empregador, que, sempre vêem o investimento em segurança do trabalho como um gasto, mas nós, Técnicos em segurança do trabalho, sabemos que este é um mito e que “é mais barato prevenir a que remediar”.

REFERÊNCIAS
www.jmcprl.net/PRESENTACIONES/EPI%20e%20EPC.ppt

Um comentário:

  1. Capacete 58,65
    Capacete com protetor facial 51,84
    Touca para Soldador 7,20
    Touca Árabe 7,90

    Abafador 27,90
    Protetor auricular 0,75

    Óculos de Segurança 10,50
    Mascara de Solda 17,80
    Tem esses tambem:

    Respirador descartável 0,98
    Respirador Reutilizável 76,90

    Cinturão Lombar com alça 36,90
    Colete refletixo em X 9,60
    Cinto Tipo Paraquedas 26,90
    Trava Quedas 108,60
    Talabarte 65,96

    Botas com bico de Aço 57,00

    ResponderExcluir